5 de dezembro de 2013

Spoiler - Awkward.

p.s.: Fanfic escrita baseada em historias reais(minhas experiencias -pequenas partes inspiradas em demi lovato-)


Eu sou esquisita, mas não sou tímida.
 Eu sou insensível, mas também sou sensível.
                Sim, essa sou eu, Demetria Lovato, uma adolescente excluída que nunca foi beijada. Quero dizer, eu já fui beijada, mas nada como um beijo arrebatador como nos livros, foi um beijo infantil de um grupo de garotos que me apostaram. Que eles apostassem uma garota ao menos mais bonitinha. Aos dezesseis anos, estou no ultimo ano do ensino médio e isso não é nada bom, as pessoas te encaram como uma leprosa, mas ainda há aquelas  pessoas que decidem aceitar você, como Gabriel, Patrick e Beatrice. Gabriel era branco, alto e de cabelos castanhos escuros, já Patrick era moreno de estatura media e cabelos raspados, Beatrice? Alta, branquíssima de cabelos enrolados, magrela e um rosto bonitinho. Sim ela era todo o meu contrario, eu era totalmente a penumbra de Beatrice, desde os tempos do jardinzinho, nas aulas de balé, a mãe de Beatrice, Lucy, gostaria que fosse um menino e veio Beatrice, e acabou por criar Bea como tal, mas seu pai, Daniel, gostaria de uma menina e criou-a com os comportamentos de menina, a começar por aulas de balé, ela odiava balé, mas consequentemente ela era boa, e acabou por tomar meu lugar de primeira bailarina, ela tinha as medidas perfeitas e eu não, o que sempre me fez ser esquecida facilmente. Sempre fui muito inquieta e prefiro deixar isso em confidencial, pois planejo coisas ardilosas com as pessoas a minha volta, sempre fui rejeitada. Aos dois anos meu pai abandonou a mim e a minha mãe na rua da amargura, moramos na área mais pobre de Dallas por uns tempos até minha mãe arranjar emprego de secretaria na empresa de meu atual padrasto. Da união de Eddie e Dianna veio Dallas, “a filha perfeita”, uma típica texana, loira, pele morena, corpo esculpido por mãos de anjo e um rosto de boneca. Ela era a filha planejada. Eu não. Uma menina brilhante que somente aos treze anos já tem um mundial de ginastica rítmica, e eu uma bailarina totalmente fracassada. Dallas dizia que eu era uma perdedora e me dizia que eu jamais encontraria alguém com minhas roupas esquisitas de roqueiro, meu jeito desengonçado e minhas atitudes associáveis. Mais uma vez a Dallas BRILHANTE de La Garza estava certa.
Quieta, mente inquieta.
Feia por fora, bonita por dentro.


5 comentários:

  1. Eu estou segurando um balde por que tenho medo de alagar a minha casa... Puta que pariu! Eu amei isso e... bate aqui Demi o/ sei bem como é ser "a esquisita" :( coisas ardilosas? Raspa o cabelo da Dallas! kkkkkk' já não gostei dessa paty :p e olhe que isso é só spoiler... Eu quero a fanfic agora! \o/ tipo estou dançando um twerk básico de tanta euforia! kkkkk beijos e posta logo :)

    ResponderExcluir
  2. Adorei *--*
    Mal posso esperar para ler....kkkkkkk...já estou ansiosa.
    Posta logoo
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Eu sei que isso é chato, mas me ajuda a divulgar , segui e se puder acompanhar a historia e comentar?
    http://tudoqueeumaisqueroevoce.blogspot.com.br/
    http://iloveyouforevermylove.blogspot.com.br/
    Comecei ontem.

    ResponderExcluir
  4. começou bem, já amei! super!
    ficou muito lindo, parecido com o que você me explicou outro dia... sinto q vou amar muito essa fic skjdf
    posta logo o cap. 12 diva! bjs, e como sempre, ta perfeito...

    ResponderExcluir

Oi ,eu sou a Rafaella
Comente e deixe sua opinião !
Não xingue sem motivos e não arrume brigas !
É só isso
Beijos :3